Governança de Dados: a ética no Data Science

O “boom” da transformação digital levou milhões de pessoas a migrar áreas importantes da sua vida para o universo online. Desde hábitos de consumo até transações bancárias e informações sobre saúde, por exemplo, tudo está “nas nuvens”, levantando uma grande discussão sobre a ética na Governança de Dados. Até onde se pode ter acesso e, mais do que isso, fazer a coleta e o uso dos dados das pessoas?

Após “vazamentos” de informações de usuários de grandes empresas, as leis de segurança digital voltaram às discussões e o cuidado com as informações passou a ser mais do que obrigatório para as empresas, com punições para as que não cumprirem com as regras.

Leis de Segurança Digital

Já há alguns anos, os governos vêm estudando o uso dos dados e criando leis para regulamentar essa prática.

Diversas leis e acordos assinados por países do mundo foram criados e/ou reforçados para controlar o uso dos dados coletados pelas empresas. Esse movimento começou nos países desenvolvidos, com a General Data Protection Regulation (GDPR, de 2018) na Europa, o California Consumer Privacy Act of 2018, alcançando países emergentes nos anos seguintes, como a Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil, de 2020, entre outras.

Essas medidas garantem, por exemplo, que qualquer vazamento que possa acontecer seja comunicado aos usuários afetados e às autoridades. E que sejam implementadas medidas para reduzir ou acabar com esse risco.

Veja algumas regras importantes presentes nas leis de proteção de dados:

  • Consentimento do usuário: a empresa deve deixar claro que pretende fazer a coleta de dados e explicar como esses dados podem ser manipulados e utilizados, por quanto ficarão disponíveis para uso, como serão captados, de modo que o cliente possa aceitar ou recusar essa atividade.
  • Possibilidade de excluir suas informações do banco de dados da empresa: todos os clientes devem ter a opção de não mais terem os dados usados ou sequer armazenados nos bancos de dados.
  • Possibilidade de migração dos dados para outras empresas: o usuário deve ter a liberdade de encaminhar seus dados, sendo assim, as empresas não podem impedir que essas informações sejam compartilhadas pelo próprio usuário ou, como dito no item acima, excluídas dos bancos de dados.

Governança de Dados

É sabido que, atualmente, o uso de dados é imprescindível para que as empresas entendam melhor o perfil de seus clientes e ofereçam cada vez melhores produtos e serviços.

A Governança de Dados é a disciplina que gerencia os dados da empresa. Ou seja, é a área que desenvolve os projetos, determina a necessidade de profissionais e ferramentas para uma gestão de dados eficiente.

Sendo assim, para que a empresa saiba como, de forma ética e estratégica, captar, analisar e utilizar os dados, possa transformá-los em ideias assertivas na criação ou aperfeiçoamento de seus produtos ou serviços, um profissional com conhecimentos em Data Science é necessário.

A Ciência de Dados consiste justamente na captação, análise e transformação dos dados em estratégias. Um profissional da área sabe fazer desde a coleta de dados pessoais como nome, data de nascimento ou número de documentos, senhas de acesso ou até mesmo identificar padrões de comportamento online para sugerir sites e conteúdos assertivamente, faciais para identificação de pessoas, de localização, entre outros, e transformar em um ferramentas como, por exemplo, um novo modo de identificar criminosos, uma forma mais segura de desbloquear smartphones, um modo mais personalizado de distribuir anúncios que tenham mais efetividade de conversão nas redes sociais, uma forma de promover uma análise de preço de um produto de acordo com a oferta da concorrência e do comportamento dos usuários, fazer a previsão de resultados em eleições, entre outras inúmeras formas de utilizar dados.

O Profissional de Data Science

Como você pôde ver, o profissional que sabe lidar com os dados é peça-chave dentro de qualquer empresa. Por isso, seja você da área de Gestão de Projetos, Tecnologia, Comunicação e Marketing, Finanças, um Empreendedor ou até mesmo um profissional da área de Direito, é possível se destacar desenvolvendo habilidades em Data Science.

A Pearson College London, instituição parceira da IBS Americas na Europa, oferece o curso de curta duração Applied Data Science for Business, voltado a esses profissionais que querem desenvolver conhecimentos em Data Science aplicados à tomada de decisões nas empresas, que tenham conhecimento básico em Estatística e Programação Python.

No curso, ministrado por professores com grande experiência acadêmica e de mercado, atualizados e com dinâmicas desafiadoras, você será orientado no desenvolvimento de um projeto de análise de base de dados em todas as etapas e preparado para conduzir projetos semelhantes nos locais onde você atua. Tudo isso, dividido em grupos formados por profissionais multidisciplinares, de áreas como gestão de projetos, programação, estatística e em um ambiente diverso, com pessoas vindas de diversas partes do mundo.

Conheça o curso e inscreva-se para as próximas turmas. Não perca a oportunidade de se tornar um profissional disputado!