Tire suas principais dúvidas sobre estudar fora do Brasil

estudar fora do brasil

Estudar fora do país é um sonho de muitos estudantes e jovens profissionais. Porém, algumas barreiras podem tornar este projeto mais difícil de executar, principalmente em relação às finanças e ao tempo de ausência do trabalho, no caso de quem já está empregado.

Mas será que você realmente precisa pedir demissão, trancar a faculdade e ter muito dinheiro guardado? 

Descubra, neste artigo, como estudar fora do Brasil sem precisar se desfazer de toda a estrutura que tem em sua terra natal. Leia e entenda!

Quais as opções para estudar fora do Brasil?

Embora existam programas de intercâmbio que levam alunos para fazer graduação ou pós-graduação fora do país, nem sempre esta é uma opção viável por conta dos altos valores envolvidos, bem como pelo processo seletivo das universidades internacionais, que são diferentes do que conhecemos em nosso país.

Esse cenário complexo leva algumas pessoas a se aventurar na vida fora do Brasil, em intercâmbios que muitas vezes envolvem subempregos e condições desfavoráveis, mesmo para profissionais que já têm alguma qualificação acadêmica e/ou profissional.

Por outro lado, existe um terceiro caminho para estudar fora do Brasil, que permite que alunos de graduação, recém-formados e jovens profissionais estudem por algumas semanas em uma instituição internacional, sem ter que abrir mão da sua estabilidade no Brasil.

Para isso, a melhor opção é se matricular em um curso de curta duração fora do Brasil, que permite viver uma experiência internacional de forma imersiva, ganhando conhecimentos práticos e turbinando o currículo com um diploma de fora. Vamos entender melhor os benefícios!

Vale a pena estudar fora do Brasil em um curso de curta duração?

Fazer um curso de curta duração no exterior é uma excelente oportunidade para ter sua primeira experiência estudando fora do Brasil. Confira alguns benefícios.

Networking global

Imagine conhecer pessoas do mundo todo que estão no mesmo momento de vida que você: buscando expandir seus horizontes em um curso internacional.

O networking global é uma excelente oportunidade de descobrir novos caminhos para sua carreira e de ficar por dentro de inovações e tendências internacionais sobre a sua área de atuação.

Diploma internacional

Com o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, obter um diploma internacional pode ser o diferencial que seu currículo precisa para se destacar em meio à concorrência. 

Além disso, essa experiência pode ser ideal para alcançar novas oportunidades dentro do seu emprego atual, preparando-o para assumir cargos e projetos de maior relevância dentro da empresa

Custos mais acessíveis do que em cursos de longa duração

Estudar fora do Brasil durante 3 semanas — período médio dos cursos de curta duração — certamente trará uma economia e possibilitará que você se programe mais facilmente para ter essa experiência, uma vez que envolve despesas menores para a obtenção do visto, além de questões de moradia e transporte.

Possibilidade de estudar durante as férias

Se você ainda não se formou na faculdade ou está em um emprego fixo, saiba que estudar fora do Brasil é totalmente viável nesses casos.

A maioria das universidades e instituições de ensino internacionais concentram seus programas de curta duração para os meses de férias escolares. Dessa forma, você pode escolher períodos como janeiro ou julho para viver essa experiência.

Quais os melhores países para estudar fora do Brasil?

Existem inúmeros países que oferecem a possibilidade de estudar fora do Brasil por meio de cursos de curta duração. Porém, é importante que você se atente à qualidade das instituições e, além disso, escolha locais onde consiga passear e conhecer pontos turísticos durante os finais de semana, momento em que normalmente não terá aulas.

Para isso, os melhores países acabam sendo:

Estados Unidos

A principal escolha de estudantes e jovens profissionais quando o assunto é estudar fora. Além de ter as melhores universidades do mundo, também conta com regiões populares para o turismo, como Nova York e Califórnia, por exemplo.

Reino Unido

Muitas pessoas escolhem ir para Londres e outras localidades do Reino Unido quando decidem estudar fora. Isso porque se trata de um dos principais centros financeiros do mundo e ainda fornece fácil acesso a diversos pontos turísticos, permitindo, inclusive, que você conheça outros países aos finais de semana.

Europa

Saindo do eixo convencional de Estados Unidos e Reino Unido, você sabia que a Itália também é uma excelente opção para estudar fora do país?

Além de ter instituições renomadas e menos concorridas na hora de se inscrever em um curso, nada como vivenciar a cultura italiana, provar as delícias típicas e conhecer muita história em regiões como Milão e Veneza, por exemplo.

Como estudar fora do Brasil com bolsa?

E então, agora que você já sabe como é possível estudar fora do Brasil sem ter que ficar longos períodos fora, já pensou em ter um incentivo extra para tirar este projeto do papel?

Você sabia que muitas universidades e instituições de ensino internacionais oferecem bolsas de estudos parciais para os cursos de curta duração?

Algumas das instituições são:

  • State University of New York (SUNY): conheça os cursos disponíveis aqui;
  • California State University, Northridge (CSUN): conheça os cursos disponíveis aqui;
  • University of La Verne, Califórnia: conheça os cursos disponíveis aqui;
  • Pearson College London: conheça os cursos disponíveis aqui;
  • CUOA Business School: conheça os cursos disponíveis aqui.

Está interessado em estudar fora do Brasil em uma dessas universidades e ainda concorrer a uma bolsa de estudos de até 50%?

Então, basta escolher seu curso no site da IBS Americas e preencher o application form para participar do processo seletivo. Boa sorte!